Argentino guapo


Se você conheceu o já extinto grupo argentino Seru Giran; ou viu shows do grupo de Charly Garcia, de Pat Metheny, de Mercedes Sosa, Shakira ou Roger Waters, esteve perto do talentosíssimo artista argentino Pedro Aznar, que faz único show no próximo sábado, 21h, no Teatro Renascença (Erico Verissimo, 307). Falei com ele por telefone ontem e o cara de fala firme e repertório vasto, que também fez muitas parcerias com o genial Lito Vitale, disse que sempre quer vir ao Brasil. Agora anda divulgando seu novo CD . Ele foi o responsável pelo sucesso, na Argentina, da canção “À Primeira Vista”, que se tornou um grande sucesso por lá. Lembra com carinho do encontro com Kleiton e Kledir e o que mantém com o irmão deles, o Vitor. este contato deu-se quando o CD “A Bessa”,d e Vitor, chegou em suas mãos. Daí para a produção do outro CD de Vitor, “Tambong”, foi um passo. Atento observador do cenário musical, Aznar comenta que o cenário argentino cresceu e renovou-se muito nos últimos dez anos. “Os estilos estão mais renovados, no tango no folclore e no jazz”, resume, apontando para o surgimento de estilos mais criativos. Seu primeiro instrumento foi o contra-baixo. Hoje o piano, a guitarra e sobretudo sua própria voz são as bases sólidas e criativas para arranjos dos mais diferentes estilos.

3 comentários:

Juliane Soska disse...

quem dera ter visto Roger Waters...

estava me lembrando que amanhã faz exatamente um ano que estive no Renascença vendo EngHaw, que na época estava em fase de transição de um disco acústico para outro.
Depois disso teve Pelotas, Caxias. Quatro shows em uma semana e depois do quarto ainda tive ânimo pra comprar passagens pra Fortaleza...sobrou tempo de passar em Pernambuco e Sampaulo.
Em um ano ainda teve Passo Fundo, Canoas, Lajeado...e Porto Alegre pelo menos oito vezes.
que ano feliz e quantos motivos para amar ainda mais essa cidade.
e para ter ainda mais certeza de que sou autista mor!haha

Taci disse...

E é assim que POA se apresenta...nesse belo inverno. E vamos aguardar depois do evento plurimusical, qual será o boteco da vez...hummm!!!

Marcos Santuario disse...

Aquela feijoadinha que falta... no Moinhos de Vento... parece boa pedida!!!