Aliado de peso


Um dos aliados na batalha pela volta da obrigatoriedade do diploma de jornalista para o exercício da profissão é o deputado federal Ibsen Pinheiro (PMDB-RS). E sua análise traz boas: Ibsen explicou que a iniciativa pode reverter a situação do diploma, pois, segundo ele, a decisão do Supremo é inconstitucional e, portanto, ilegal. No entanto, o deputado dá um recado à categoria. “Fiz o que poderia fazer no campo institucional, mas tem coisas que apenas os interessados ou suas entidades podem fazer”. Para ele, a questão envolvendo a decisão do STF que aboliu a obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão de jornalista pode ser resolvida no Senado e em breve. O deputado concedeu entrevista que será publicado no Jornal Versão dos Jornalistas.

1 comentários:

Gilnei Andrade disse...

Professor santuario...teu blog está muito legal. Parabens.
Combinei com alguns vereadores de Novo Hamburgo uma moção de apoio a luta da FENAJ e dos jornalistas em relação a luta pela obrigatoriedade do diploma para o exercicio da profissão de jornalista.Se tiveres alguma contribuição para os considerandos da moção me manda. Um abração

Gilnei Andrade
www.gilneiandrade.blogspot.com