Tinha um piercing do caminho...

O uso de piercing na língua já é bastante popular, principalmente entre o pessoal da faixa adolescente e pós... e dispensam autorização dos pais para colocar a jóia de aço cirúrgico, ouro ou prata. De acordo com o cirurgião-dentista Marcelo Rezende, diretor da Smiling Dental Care, o acessório não oferece tantos riscos quanto o procedimento. “O piercing oral expõe o jovem a riscos desnecessários. Como a boca é rica em bactérias, há sempre a possibilidade de infecção, chegando inclusive a comprometer a saúde do coração ou ainda progredir para uma septicemia (infecção generalizada)”. O especialista diz que as complicações menos graves estão relacionadas ao comprometimento dos movimentos da língua e à perda parcial do paladar, além de deixar a pessoa mais vulnerável à gengivite e ao deslocamento dentário. “A colocação da jóia é rápida, mas o tempo de recuperação pode se estender para mais de um mês. Esse é o período crítico, quando a língua inclusive pode inchar tanto, a ponto de dificultar a respiração do paciente”.
Estudo divulgado pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos revela que, dependendo da higienização dos instrumentos, da agulha e até do algodão utilizado, a colocação do piercing também pode transmitir hepatite tipo B e C.

3 comentários:

Juliane Soska disse...

piercing é muito brega. hahaha

Lolito disse...

Ai nem é... D:
Quero o meu de volta.
Mas na lingua é tenso.

Maíra Bitencourt disse...

Eu tenho piercing na língua há mais de quatro anos, e no lábio há dois, procurei locais onde a colocação era cuidadosa e higiênica, tive e tenho o cuidado necessário para mantê-los saudáveis, e posso dizer que a higiene precisa ser maior do que a de alguém que não tem a jóia, por isso não existe nada de anti-higiênico. Já o perigo das doenças bucais é muito maior para alguém que fuma do que para alguém que usa piercing, eu acredito...
Acho que neste caso é preciso apenas uma seleção de local adequado e cuidado posterior, e lógico, 'senso' de perceber o que se passa no próprio corpo, para não deixar qualquer mal chegar a estágio avançado.