Se foi o polêmico


Quando esteve em Porto Alegre, em palestra na Ufrgs, José Saramago encantou por seu conhecimento; polemizou com suas ideias fortes; e encontrou um público receptivo. Ele morreu hoje, aos 97 anos. O escritor português sofria de graves problemas respiratórios, informou o jornal português Diário Econômico. A informação da morte, divulgada pelo site do jornal espanhol El País, foi confirmada pelo editor do autor, Zeferino Coelho. Ele disse, segundo o site do jornal português Público, que Saramago morreu em sua casa, em Lanzarote, nas Ilhas Canárias. Coelho informou que a saúde do escritor havia piorado nos últimos meses, por causa de uma doença. Ele não deu mais detalhes. Nascido no início do século passado, Saramago recebeu o Prêmio Nobel de Literatura em 1998. De origem humilde, seu semblanate nunca foi o mais simpático, o mais acolhedor ou o mais lindo para ser observado. Mas suas ideias, ainda que sem concordar com todas, deveriam ser sempre respeitadas. Morre um homem e permanecerão suas ideias. Ele sim fez diferença... entre outros.

0 comentários: