102 anos e vivo no imaginário


Recomendo, pra quem tiver tempo, o debate sobre a vida e a obra de Mario Quintana, que acontece no dia do aniversário dele, 30 de julho (quarta-feira), 19h30min, no Teatro Bruno Kiefer da CCMQ (ali nas Andradas). Lá se vão 102 anos do poeta, que não morre nunca.
Com o título MARIO QUINTANA: FACES E INTERFACES DO POETA, a mesa-redonda vai reunir o escritor Armindo Trevisan (poeta, doutor em Filosofia e era um grande amigo de Mario Quintana), o psicanalista Celso Gutfreind (escritor, poeta e psicanalista, com pós-doutorado em Psiquiatria Infantil) e a professora Maria do Carmo Campos (poeta, professora titular da UFRGS e doutora em Literatura Brasileira). Ingressos a dez pila, com desconto de 50% para estudantes, professores e maiores de 65 anos. Dá pra comprar na Livraria Kaçula (térreo da CCMQ), na Livraria Zouk (campus central da Ufrgs) ou no local, no dia do debate.

1 comentários:

Taci disse...

Mario Quintana, com o sem feijoada?