Qual sua melhor hora?




De forma antecipada, tô recomendando um livro com um tema que me soa no mínimo instigante. Vou terminar de ler e falo mais dele, mas por enquanto ouso dar o primeiro toque sobre ele. “A Melhor Hora Pra Você” é da escritora norte-americana Jennifer Ackerman. Lançado no início deste ano nos EUA ( 'Sex Sleep Eat Drink Dream'), o livro trata do nosso relógio biológico invisível, instalado no hipotálamo e composto por inúmeros outros relógios no corpo inteiro. A autora se embasa em estudos científicos e ressalta que o corpo humano é composto por uma agenda e destaca as melhores horas para se fazer sexo ou um exame de sangue, para se dedicar a um aprendizado, trabalhar ou fazer uma importante reunião. Parece instigante... Fique esperto que o livro tá chegando!

10 comentários:

Juliane Soska disse...

nossa, espero que isso não passe de um livro...
imagina ter que marcar hora?
-amor, passa na minha cama às 23h, plis!

podre!
haha

Sr. M disse...

o negócio é que, rende melhor em certos horários. Se marcar em um horário melhora a qualidade, porque não tentar...?
sabe como é: a qualidade atrai novos clientes e melhora a imagem da marca!

Juliane Soska disse...

as pseudo-publicitárias vão adorar saber isso, Sr. 'eme'.

Sr. M disse...

já diziam os Pythonianos:

Oh God, My brain hurts!!!

Marcos Santuario disse...

O pessoal que observa isso pensa também que é bom ficar atento para as melhores horas de estudar, ser criativo, fazer exames no corpo e etc... é a neurociência desafiando os conceitos...

Misael disse...

isso é, mas o que mais chama a atenção é o sexo.
Sempre foi.
Continua sendo...

Juliane Soska disse...

é pq as outras coisas, em geral, mesmo sem querer, têm horário...
a jovem então tá falando o óbvio...

ou só eu tenho uma agenda bacana?
hahaha

Misael disse...

Só você tem agenda bacana.

Interessante mesmo, mas a própria escritora(ou seria a editora) coloca como chamariz a palavra sex na capa do livro. Isso dá uma idéia do que eu estava falando...

Taci disse...

Instigante assunto, pois estou exatamente nesse processo - o de entender o meu relógio biológico invisível, questão profunda e tênue, mas com certeza também muito individual e nada melhor do que a ajuda da ciência para vc a descobrir a sua melhor hora...Aguardarei o livro...e também seu novos comentários a respeito dessa leitura e também do outro atual livro de cabeceira!

Odile de Parque Rodó disse...

Ya mismo quiero ese libro. Siempre son notas que los lectores devoran. Avisen cuando esté en estas latitudes.